medo e feminismos

de Maria Gil e Miguel Bonneville

© Miguel Bonneville

Nesta palestra performance duas pessoas, que manifestam um saber arquivista sobre medos, estão sentadas lado a lado para evocar medos passados presentes e futuros; autobiográficos ou não. Medos que se transformam em medos sociológicos, em manifestações do controlo político que é exercido sobre a sociedade, sobre as pessoas. A partir dos conflitos internos de cada performer constrói-se uma apresentação fragmentada com direito a pequenos actos de sarar que não pretendem mais do que transformar veneno em remédio. De forma nostálgica e pessoal evocam-se também alguns dos momentos mais significativos para a arte da performance feminista, seguindo-se uma reflexão pessoal sobre a prática do feminismo nos dias de hoje. A palestra termina com a recriação de duas performances feministas do século XX.

© Joana Linda
© Joana Linda

FICHA ARTÍSTICA

Criação e Interpretação: Maria Gil e M̶i̶g̶u̶e̶l̶ Bonneville
Apoio Cénico: Pedro Silva
Fotografia: Joana Linda e Luís Martins
Registo Vídeo: Joana Linda
Co-Produção: Negócio/ZDB
Apoio: Fundação Calouste Gulbenkian, Junta de Freguesia de Carnide
* Prémio Ex Aequo 2015

DATAS

Estreia
26 de Julho 2013, Negócio – ZDB, Lisboa, Portugal

Apresentações
-28 de Novembro 2019, CAL/Primeiros Sintomas, Festival Temps d’Images, Lisboa, Portugal
-14 de Abril 2018, Comédias do Minho, Vila Nova de Cerveira, Portugal
-21 de Abril 2015, Festival Internacional de Dança Contemporânea, Évora, Portugal
-10 de Abril 2015, Casa da Cultura, Setúbal, Portugal
-17 a 20 de Dezembro 2014, Negócio- ZDB, Festival Temps d’Images, Lisboa, Portugal
-27 de Julho 2013, Negócio – ZDB, Lisboa, Portugal

© Luís Martins